faveladinha

Meu cabelo é bagunçado, uso shorts rasgado. Meu all star está surrado, minha maquiagem está borrada. Minhas unhas imperfeitas quebram sem parar. Minha risada é alta, minha voz é estranha e eu faço caretas involuntariamente. Como pipoca, brigadeiro e sorvete sem culpa. Danço como uma louca em casa, na escola e na rua. Falo palavrões fluentemente e é uma pena que eu não possa incluir isso no meu currículo. Não sofro disturbios alimentares, sou estressada pra caralho. E sabe de uma coisa? Foda-se a sociedade. Pessoas perfeitas são um saco.